Libéria tenta recrutar jovens para o ministério

Other Manual Translations: English español

Enquanto os jovens continuam se afastando da igreja, a Igreja Metodista Unida na Libéria está freneticamente tentando recrutá-los para os ministérios - especialmente como clérigos.

A Conferência Distrital de Monróvia da Igreja Metodista Unida na Libéria, organizou a conferência O Fórum da Próxima Geração: O Futuro dos Jovens, para discutir formas de abordar a questão. Mais de 100 jovens participaram do encontro de 22 de abril em Monróvia.

O fórum foi uma corrida experimental. Eventos similares estão planejados nos 20 distritos e em um circuito da Conferência Libéria. Recrutar jovens para os ministérios da igreja é uma parte importante do plano estratégico da conferência para os próximos cinco anos.

O reverendo Julius S. Nelson, presidente da Junta de Ministérios Conexionais da Igreja na Libéria, disse aos jovens presentes: “Eu sou quem eu sou hoje por causa da Igreja Metodista Unida”.

Nelson disse que a igreja é capaz de continuar ministérios porque aqueles que estão atualmente em liderança foram treinados através dos ministérios dos jovens.

Embora reconhecendo o papel ativo de alguns jovens na igreja, Nelson lamentou sua falta de entusiasmo em se tornarem clérigos.

"A igreja não foi intencional o suficiente para atrair jovens para o ministério clerical", disse ele.

O Rev. George D. Wilson Jr., diretor dos Ministérios Conexionais na Libéria, concordou, observando que a igreja não tornou o clero atraente para uma nova geração.

"Os jovens não são atraídos para o ministério na Libéria, devido à péssima situação do clero que já está no ministério - salário muito baixo, sem seguro de saúde, sem moradia ou subsídio de transporte", disse ele.

Ele disse estar esperançoso de que a iniciativa do Fórum da Próxima Geração e os esforços do plano estratégico de cinco anos irão mudar essa percepção.

Nelson disse que os ministérios da igreja estão lutando porque muitos dos responsáveis são mais velhos ou estão se aposentando. Ele também citou a falta de recursos.

Ele disse que a igreja depende dos jovens para levar seus ministérios para o futuro.

“Precisamos de pastores que ajudem a fazer mais discípulos para a transformação do mundo”, disse ele.

Nelson nomeou as atividades de acampamento do ministério dos jovens como um dos programas que não funcionaram adequadamente nos últimos 10 anos.

"O programa de acampamento foi nossa principal fonte de educação dos jovens sobre as operações e os ministérios da igreja", disse ele.

Some participants of the Next Generation Forum gather for a group photo in front of S.T. Nagbe United Methodist Church in Monrovia, Liberia. Similar events are planned in the 20 districts and one circuit of the Liberia Conference. Photo by E Julu Swen, UM News.
Alguns participantes do Fórum da Próxima Geração se reúnem para uma foto de grupo em frente à Igreja Metodista Unida de ST Nagbe em Monróvia, Libéria. Eventos similares estão planejados nos 20 distritos e em um circuito da Conferência Libéria. Foto de E Julu Swen, Notícias MU. 

 

Embora o apoio aos ministérios dos jovens tenha estagnado nos últimos anos, Nelson observou que o bispo liberiano Samuel J. Quire Jr. abraçou a ideia de atrair jovens para os ministérios da igreja, dizendo que o próprio Quire havia se beneficiado de seu envolvimento com o crescimento do ministério dos jovens.

“Acho que não podemos deixar a liderança (do bispo) passar sem reviver esse ministério crucial de nossa igreja”, disse Nelson. “Se não fizermos nada sobre este ministério, o futuro da nossa igreja não será bom”.

Push Koffa, presidente da Youth Fellowship do Distrito de Monróvia, disse que os jovens da igreja estão preocupados em estar equipados para liderar em o futuro.

"Não estamos simplesmente interessados em substituir os idosos", disse Koffa. “Estamos interessados em que a igreja nos capacite para assumir o controlhe no futuro”. Koffa indicou que há jovens interessados nos vários ministérios da igreja - inclusive em se tornarem clérigos. No entanto, ele disse que muitas vezes há mal-entendidos entre os jovens e seus pastores locais, devido à falta de comunicação regular.

Ele observou que, muitas vezes, os pastores não apoiam as ideias do programa dos jovens.

“Nossas atividades recreativas são consideradas ímpias pela maioria de nossos pastores, apesar de realizarmos estudos bíblicos e orações nesses encontros”, disse ele.

Abraham Kipi, um dos adultos participantes do programa, disse que, no passado, havia um entendimento mútuo entre os jovens e seus pastores.

"Se os pastores não aprovassem um programa, nós não o executaríamos", disse ele.

Koffa disse que sua esperança é que a liderança da igreja resolva tais questões através do Fórum da Próxima Geração.

Nelson disse que viu alguns pastores e jovens trabalharem bem juntos por causa do treinamento que receberam através dos ministérios dos jovens.

“Sempre houve apresentações sobre a importância dos jovens na vida e nos ministérios da igreja nas principais reuniões”, observou ele.

Kipi encorajou velhos e jovens na igreja a cultivar um espírito de amor, respeito e comunicação aberta.

Ele também pediu aos líderes da igreja que tratem os jovens como parte integral da igreja.

“Nós não precisamos esconder as coisas dos jovens e fingir que os jovens não têm que saber por causa de suas idades”.

S. Emmanuel Lloyd III, presidente da Associação de Jovens Adultos do Distrito de Monróvia, disse que cabe a liderança resgatar a igreja.

"Se você quer que os jovens assumam a igreja no futuro, você deve investir neles agora", disse ele.

* Swen é um comunicador na Libéria. Contato com a imprensa: Vicki Brown, Nashville, Tennessee, (615) 742-5470 ou newsdesk@umcom.org. Para ler mais notícias da Metodista Unida, assine os resumos diários ou semanais gratuitos.

** Sara de Paula é tradutora independente. Para contatá-la, escreva para IMU_Hispana-Latina @umcom.org

 

Último artigo

Igreja Local
Fachada atual do templo da Igreja Metodista Unida de Pemberton. O Bispo Francis Asbury pregou lá em 1772 e o primeiro edifício da igreja foi construído em 1775. Foto cedida pela Wikimedia.

Igreja Metodista em Pemberton comemora 250 anos, e é a terceira congregação mais antiga

Este ano marca o 250º aniversário da Igreja Metodista Unida de Pemberton, o que faz dela a terceira congregação mais antiga do país, e a comunidade comemorou este marco em um encontro de mais de 200 paroquianos.
Evangelismo
O Bispo Daniel Wandabula, da Área Episcopal da África Oriental, pediu aos comunicadores que “unissem a igreja (antes) de perpetuar as divisões” durante a reunião anual da Rede de Rádio Metodista Unida, de 25 a 27 de abril, em Kampala, Uganda. Foto do Rev. Taurai Emmanuel Maforo.

O rádio pode ajudar a unir igreja dividida, diz bispo

O bispo Daniel Wandabula, da Área Episcopal da África Oriental, pediu união durante a quinta reunião anual da Rede de Rádio Metodista Unida, notando que a rádio é uma ferramenta importante para ajudar a unir a denominação após a divisão da Conferência Geral especial.